últimas notícias

Notícias

1 25/11/2021 15:52

Após o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), afirmar que seguirá a recomendação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e vacinará, até o Carnaval, 90% da população de Salvador para a realização da folia, o instituto esclareceu que a sua orientação foi mal interpretada.

Em nota divulgada nesta quinta-feira (25/11), a Fiocruz explica que a meta dos completamente imunizados contra a Covid-19 seria necessária apenas para que uma discussão sobre o tema pudesse ser iniciada.

“A recomendação de avanço da vacinação, a pelo menos 90%, seria o fator necessário para que fosse iniciada qualquer discussão, ou seja, atingida esta margem, será necessário avaliar outros fatores citados no documento, a exemplo, do controle da entrada de não vacinados e a testagem, uma vez que o evento atrai indivíduos de outras regiões do Brasil e de outros países”, afirmou o comunicado.

A Fiocruz reforçou que, devido ainda a incertezas, ainda não se pode afirmar nada categoricamente sobre o planejamento do evento que reúne milhões de pessoas. “Tudo dependerá do cenário no período que antecede o carnaval, a partir de janeiro”, firma a nota. Ainda serão avaliadas as consequências das comemorações de final de ano e das férias escolares.

Na quarta (24/11), Reis havia declarado que a recomendação da Fiocruz “dá um conforto maior para tomar uma decisão”. “Vamos chegar no Carnaval com 90% da população vacinada”, completou em seguida.

O ofício da Fiocruz foi enviado à Comissão Especial de Acompanhamento da Retomada dos Eventos da Câmara Municipal de Salvador (CMS) nesta terça (23) e lido durante a audiência pública que debatia a realização do Carnaval em 2022.

 

 

 

 

 

*Metro1







Rua João Fraga Brandão, 473A - 1º Andar - Centro - Jacobina/BA. CEP: 44.700-000
Tel.: (74) 3621-7474 | 9 9121-7888 | 9 9983-4318 | 9 8130-6939 | 9 9148-0077 (Whatsapp) - A Rádio que mais cresce na Bahia!
©2016 - Rádio Jaraguar - Todos os direitos reservados.